Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2006

O Admirável Mundo dos "Aparelhos"

 
 
 
 
 
CONtar   o   mundo
 
 
 


Tenho em memória algumas imagens que me ligam ao passado, longínquo, mas reconfortante da minha infância, do qual tenho saudades.

Estou como que a ver o dia em que Guilherme Bento, meu pai, entrou pela porta dos fundos com um exaustor às costas, ao mesmo tempo que deixava sair um dos seus singulares comentários, próprios de quem sabia o que dizia: “Trago o progresso às costas!” Um aparelho, o primeiro que entrava em nossa casa, para sorver os calores da panela das sopas de feijão besuntadas de toucinho. Com esta nova tecnologia, pensava resolver o problema dos fungos das paredes, sorvendo o vapor das sopas antes de ele se colar nelas, (toucinho preso nunca vi!), embora o problema tivesse teimado em persistir sem uma solução prática que não fosse a mortal lixívia que sobre elas derramava periodicamente e que era causa de alergias e ardumes em nossos pequeninos olhos.

Depois do exaustor tenho assistido, a uma velocidade estonteante, ao aparecimento de uma infindável maquinaria, hoje pertença do mundo das tecnologias de ponta, para todos os gostos e feitios. E antes dele, depois da máquina de escrever, dos auto copistas, do telégrafo Morse, do fonógrafo e dos telefones, tudo em modelos arcaicos, “contados” por Eça de Queirós, quantos aparelhos não vimos melhorados e sofisticados para serem os “grandes facilitadores do pensamento” e das nossas vidas?

É impensável, hoje, acompanhar tanta evolução! Hoje o que é um 8px/3, em qualquer aparelho, amanhã já é um 16px/6, e assim por diante. Acomodemo-nos por algum tempo, por favor!

Perante o não menos estonteante movimento de carros e suas marcas de chapa, aparelhos, de outra linhagem, uns homens mandaram criar uma máquinas verticais, com ranhuras que recebem dinheiro, a que chamaram de parquímetros, para que aos cidadãos fosse dada permissão para pararem seus carros nas ruas. São estas máquinas autênticos sorvedouros de dinheiro, um modo de vida para quem as mandou trazer para a ilha. O cidadão que já pagava imposto para circular nas ruas paga agora, também, para estar parado.

A nossa sorte é termos ao lado dos ditos parquímetros, mais cá mais lá, uma outra espécie de máquinas que guardam e dão dinheiro por um processo tão simples como o de introduzir nelas um cartão em PVC, que nos permite indicar quantas notas queremos, e nem é preciso fazer contas ao que fica, quando fica, porque ela apronta-se a dizer. Pagamos o parquímetro, o tempo que for preciso, ela desconta ao saldo contabilístico, e como dizia, também, meu pai, “só o que fica é que é nosso”.

Laranjas de Marca:
publicado por raparigadaslaranjas às 16:17
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Anónimo a 21 de Janeiro de 2006 às 17:15
I Encontro de Bloguistas de Ilha Terceira - inscrevam-se no meu blog ou no blog Ideias e Ideias. Já somos muitos. BeijinhosBlueyes41
(http://silvarosamaria.blogs.sapo.pt)
(mailto:rosasilva@vodafone.pt)
De Anónimo a 20 de Janeiro de 2006 às 19:49
Obrigado pela visita e por ter colocado o meu selo no seu blog. Vou retribuir imediatamente , colocando o seu no meu. Mas queria pedir~lhe que abaixo do meu selo colocasse o link em letras. esse selo não está a funcionar muito bem... Obrigado e continue a visitar-me que eu também lhe farei o mesmo. ilhas
(http://www.ideiaseideais.blogs.sapo.pt)
(mailto:luisfagnunes@hotmail.com)
De Anónimo a 20 de Janeiro de 2006 às 16:23
Ola gostava de pedir uma ajuda, quero criar um blog para mimha filha que tem 2 anos, mas nao percebo muito, quero criar meu propio modelo, tal como fez, nao quero usar o do sapo,pois acho muito simples... Por isso peço umas dicas... Agradeço uma ajuda. Obrigda!!!leidianny
</a>
(mailto:bbfgbjog@hotmail.com)

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Laranjas

É Aqui Que Vivo Agora!

Mares!

Só se vê bem com o coraçã...

Laranjas podres

NATAL!

Ofertas de Natal

Melhores pensadores e Mel...

Silêncios!

Mudo Silêncio

Hoje

Cesto das Laranjas

Janeiro 2009

Julho 2008

Abril 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Laranjas de Marca

cantar o mundo(27)

canto da natureza(4)

canto das letras(7)

canto das palavras(5)

canto dos contos(5)

contar o mundo(44)

letras e palavras(1)

rota das laranjas(10)

todas as tags

blogs SAPO

O Logótipo

Rapariga das Laranjas
2006 - Código

O Canto dos Blogs

An'arka

Azoriana Blog
Azoriana Blog


IDEIAS E IDEAIS
Ideias e Ideais


Ailaife Blog

Bioterra

Colcha de Retalhos

O Canto dos Prémios




Prémio - Blog «Ideias e Ideais» aprova e recomenda este blog

O Contador

MÚSICA

A Rota das Laranjas

subscrever feeds